O Mar Infinito – Rick Yancey (Opinião)

25916310Publicação: 2015
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722355889
Preço editor: 15,90€
Minha classificação: 3,5 estrelas em 5 estrelas.
Goodreads Review

Opinião: Este é o segundo livro de Rick Yancey e a continuação do livro A 5ª Vaga. “O Mar Infinito” começa com Cassie, o seu irmão, Ben, Ringer e o resto do grupo após a fuga da central dos Outros, onde Cassie continua sem saber o que aconteceu com Evan, o “seu silenciador”, depois deste ter feito explodir o centro do exercito. O Livro está divido em várias “partes”, ou seja, cada parte corresponde à visão de um personagem, sendo que o livro acompanha maioritariamente Cassie e Ringer.

Continuar a ler

As Pedras Élficas de Shannara – Terry Brooks (Opinião)

imagePublicação: 15/01/2015
Editor:
Saida de Emergência
ISBN:
9789896379087
Preço Editor: 17,76€
Minha classificação: 4 estrelas em 5 estrelas.
Goodreads Review

Opinião: Neste livro, ideal para os fãs de O Senhor dos Anéis e O Hobbit, é nos contada a história da luta pela sobrevivência dos Quatro Reinos através da salvação da vida de Ellcrys, uma árvore que, segundo lendas élficas, mantém vários demónios negros presos, até que esta começa a adoecer e é ai que aparece Allanon, o último druida, que diz que a árvore irá morrer em breve, o que significa a libertação desses demónios. Entretanto, quando se pensava que os Escolhidos poderiam salvar a árvore, impedindo-a de morrer, estes são mortos por um demónio que escapa da probição (a prisão), excepto um: Amberle, a neta do rei do Elfos. Sendo que esta havia fugido à algum tempo, o druida inicia então uma viagem em busca de Wil, um rapaz meio elfo, meio humano, que terá como missão encontrar Amberle, e protegê-la, enquanto esta tentará salvar a vida da árvore e os Quatro Reinos dos terrível destino que os aguarda.

Ao ler este livro foi-me impossível não fazer duas coisas: Comparar o livro à série e lembrar-me de O Senhor dos Anéis. Relativamente a este último ponto, é notável a inspiração e semelhança deste livro com os livros do J. R.R. Tolkien, a partir das aventuras, das espécies existências e principalmente pela missão de Wil e Amberle.
Não é uma escrita fluente, no sentido de que é um pouco cansativa, por ter imensas páginas seguidas sem um único diálogo (algo a que não estou habituada) e também por descrever, durante bastante páginas, a guerra decorrida entre os demónios e o exército élfico. Porém, e apesar disto, a história é cativante e bem construída, tal como os personagens que achei interessantes e bem desenvolvidos.
Quanto ao primeiro ponto “Comparar o livro à série”, em breve irei fazer um artigo só sobre esta comparação, claro, mas por agora, o que posso dizer é que excluindo os personagens, a “missão” e uns poucos detalhes, a série tem imensas mudanças em relação ao livro.
Fica mais abaixo o trailer para quem não conhece a série. E como é óbvio, recomendo-a, tal como ao livro! Caso tenham MOV na vossa televisão, a série estreou dia 11 de Janeiro, de modo que deverá estrear um novo episódio todas as segundas-feira (Para mais informações, vejam na programação da vossa box.)

Sinopse: “Uma das sagas de fantasia mais populares de sempre, agora uma série épica no canal de televisão MOV. Milhares de anos depois da destruição do mundo tal como o conhecemos, uma nova lei impera sobre o mundo: a da magia. No entanto, avizinha-se uma ameaça terrível: uma horda de demónios impiedosos começa a trazer a morte e a destruição sobre todos os povos. Apenas Wil Ohmsford, último herdeiro da linhagem de Shannara, detém o poder para proteger a princesa Amberle numa demanda impossível para salvar o mundo. Mas quando o próprio Ceifador lidera as hostes negras para os capturar, será Wil capaz de controlar a magia das misteriosas Pedras Élficas de Shannara?”

Cretino Irresistível – Christina Lauren (Opinião)

2HfCKR6XpEYPublicação: 2014
Editor: Marcador
ISBN: 9789897540424
Preço Editor: 15,95€
Minha classificação: 3,5 estrelas em 5 estrelas.
Goodreads Review

Opinião: Cretino Irresistível é narrado na visão das duas personagens principais, Bennett e Chloe, que desde o inicio da história se envolvem, pelo que ao longo do livro iremos ver como a relação de “ódio” se desenvolve entre estes personagens, vendo tudo isso na visão de cada um, claro.
Não considerei uma leitura fantástica, mas é leve e até um pouco agradável. Achei um pouco interessante a história, tal como a relação entre o Bennett e a Chloe. Apesar disto, não considero que os personagens estejam muito desenvolvidos. Mesmo assim, foi uma leitura rápida e agradável, embora considere exagerado haverem tantas cenas de sexo,o que dá a ideia de que a relação deles se constrói e baseia nisso.

Sinopse: “Chloe Mills é empenhada e brilhante. A única coisa no seu caminho? O seu chefe, Bennett Ryan. Ele é exigente, desagradável, insensível — e muito sexy. Um Cretino Irresistível. Bennett voltou de França para Chicago para assumir um cargo vital na importante empresa de comunicação da sua família. Não esperava que aquela estagiária que o ajudava além-fronteiras fosse a deslumbrante, inocentemente provocante — e completamente irritante — criatura que agora é obrigado a ver todos os dias. O que começa por ser uma simples relação de atração e ódio, torna-se algo muito mais intenso, e Bennett e Chloe vão ter de decidir até onde estão dispostos a ir para poderem estar juntos.”

Sobre a escritora (uma pequena curiosidade também): Christina Lauren é uma combinação dos nomes das duas parceiras/ melhores amigas/ almas gémeas desde há muito tempo Cristina Hobbs e Lauren Billings, autoras de bestsellers do New York Times e USA TODAY, como a série de livros Irresistível. Os seus livros estão traduzidos em 23 línguas.

10 livros que mais quero ler em 2016

À algumas horas atrás vi um video de uma vlogger (alguém que, em vez de publicar fotos com textos e isso tudo, faz vídeos) Brasileira “10 livros para ler em 2016″e, como gostei da ideia, decidi fazer algo idêntico porque é sempre divertido e interessante fazer uma pequena lista relacionada com livros!
Alguns deles já tenho na minha estante, e outros não (mas pretendo comprar este ano, claro). Aqui fica, então, os 10 livros a serem lidos este ano:

26632196

  • Fangirl – Rainbow Rowell: Sempre ouvi falar imenso de Rainbow Rowell e por isso decidi comprar os dois livros já publicados cá em Portugal, mas para esta lista escolhi Fangirl pois foi o livro cuja sinopse chamou-me mais à atenção.

 

26141249

  • A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard: Também oiço falar imenso sobre A Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard (é importante mencionar o autor, porque existem dois livros com o mesmo nome, sendo que o outro pertence à Philippa Gregory), e adoro quando se mistura fantasia com monarquia e épocas assim! Por isso, é sem dúvida um dos livros que mais quero ler este ano.

 

17252111

  • Orgulho e Preconceito – Jane Austen: Nunca li nada dela, mas acho que está na hora de começar a ler alguns clássicos, e como adorei o filme e sei que este livro tem imensas criticas positivas, comprei-o à poucos meses, e é um dos que pretendo ler este ano.

8409512

  • Outlander, Nas asas do tempo – Diana Gabaldon: Comprei este livro em Novembro de 2014, e ainda só li 100 e tal páginas. Inacreditável, não é? No entanto, tenho uma ótima razão: Vi a série antes, e por isso não tinha muita graça ler o livro, já sabendo o que ia acontecer. Agora que já me esqueci um pouco dos pormenores e de certas coisas, pretendo recomeçar a leitura deste livro, ainda neste primeiro semestre do ano!

27996115

  • Quando as Estrelas Caem – Amie Kaufman & Megan Spooner: Outro livro bastante falado, e com muita fama entre pessoas da minha ideia! O título original é “These Broken Stars” para quem só reconhece o livro por esse título, porque confesso, quando vi o livro pela primeira vez não me passou pela cabeça que fosse o livro de que tanto oiço falar, porque esperava que este livro tivesse um tradução diferente, mais parecida com o título original. Mas este é talvez um dos livros, que se tivesse que fazer apenas um top 5, estaria incluído nessa lista!

 

18634486

  • Viver depois de ti – Jojo Moyes: Não é que esteja muito ansiosa por ler este. A razão porque quero mesmo lê-lo este ano é porque gosto de ler o livro antes do filme, e como a sinopse de ambos me interessou, decidi comprá-lo e inclui-lo nesta lista.

7364421

  • Acheron – Sherrilyn Kenyon: Não podia faltar neste top, o livro sobre o meu personagem favorito da série Dark-Hunter da Sherrilyn Kenyon! O meu plano é lê-lo nas férias da Páscoa, porque o livro ainda é um pouco grande, haha!

 

24236088

  • Entre o Agora e o Sempre – J.A. Redmerski: Li o primeiro livro à pouco tempo, e adorei tanto que quero tentar comprar e ler o segundo livro o mais rapidamente possível.

28493543

  • Os 100, 21 dias depois – Kass Morgan: Na verdade, já era para o ter comprado, mas vou esperar diminuir a minha lista de livros para ler, e este será sem dúvida uma das próximas compras a fazer! A série é fantástica, e o mesmo posso dizer do primeiro livro.

 

25282837

  • Deslumbra-me – Maggie Slipstead: Não sei muito bem sobre o que este livro fala, mas só pelo facto de incluir ballet no tema já ganhei interesse por ele, e espero conseguir comprá-lo em breve, ou quem sabe, na feira do livro de Lisboa deste ano.

Obs.: Os livros não estão ordenados por ordem dos que mais quero ler para os que “menos” quero ler.

Obviamente que esta lista poderá mudar ao longo do ano, mas por agora esta aplica-se somente a livros já publicados. Não inclui livros ainda por publicar.

Cinder (Crónicas Lunares #1) – Marissa Meyer [Opinião]

3904472Publicação: 2012
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896573270
PVP: 17,76€
Minha classificação: 3,5/5 estrelas.

Sinopse: Com dezasseis anos, Cinder é considerada pela sociedade como um erro tecnológico. Para a madrasta, é um fardo. No entanto, ser cyborg também tem algumas vantagens: as suas ligações cerebrais conferem-lhe uma prodigiosa capacidade para reparar aparelhos (autómatos, planadores, as suas partes defeituosas) e fazem dela a melhor especialista em mecânica de Nova Pequim. É esta reputação que leva o príncipe Kai a abordá-la na oficina onde trabalha, para que lhe repare um andróide antes do baile anual. Em tom de gracejo, o príncipe diz tratar-se de «um caso de segurança nacional», mas Cinder desconfia que o assunto é mais sério do que dá a entender. Ansiosa por impressionar o príncipe, as intenções de Cinder são transtornadas quando a irmã mais nova, e sua única amiga humana, é contagiada pela peste fatal que há uma década devasta a Terra. A madrasta de Cinder atribui-lhe a culpa da doença da filha e oferece o corpo da enteada como cobaia para as investigações clínicas relacionadas com a praga, uma «honra» à qual ninguém até então sobreviveu. Mas os cientistas não tardam a descobrir que a nova cobaia apresenta características que a tornam única. Uma particularidade pela qual há quem esteja disposto a matar.

Opinião: Esta história decorre algum tempo depois da 4ª guerra mundial, em Nova Pequim, e acompanha Cinder, uma rapariga, aparentemente humana, mas que devido a um acidente, teve parte do seu corpo substituído por partes mecânicas. Certo dia, o filho do imperador, aparece na loja mecânica de Cinder, pedindo que ela repare-lhe um dos robôs, e após esse encontro, dá-se o desenrolar de várias ações: A aparição da peste, o plano de fuga de Cinder. No meio disto tudo, além de tentar planear a sua fuga, Cinder procura também tentar salvar a sua meia-irmã da morte.
Esta foi a primeira leitura do ano: fantástica, cativante, curiosa. Sem dúvida, uma versão de Cinderela futurista e robótica. Certas partes podem ter sido um pouco previsíveis tal como o final deste livro da série Crónicas Lunares, mas não deixa de ser uma ótima leitura, agradável, leve e como já disse, bastante cativante, ao ponto se tornar viciante. Considero os personagens bem construídos, tal como a história, principalmente o Kai, o filho do imperador da Nova Pequim. Este é sem dúvida um livro a não perder. Para quem não sabe, este é o primeiro livro de quatro livros já publicados (dentro desta saga), sendo que três deles estão traduzidos (Cinder, Scarlet, Cress). Winter é o 4º e final volume de As Crónicas Lunares, ainda não traduzido em Portugal!

Louca por Compras – Sophia Kinsella (Opinião)

3904472Publicação: 2009
Editor: Livros d’Hoje
ISBN: 9789722037471
Preço editor: 15,50€
Minha classificação: 3,5 estrelas em 5 estrelas.

Opinião: Neste hilariante livro, narrado na visão da personagem principal, Rebecca Bloomwood, acompanhamo-la no seu dia-a-dia, vendo-a usar o cartão de crédito vezes sem conta, ao ponto de acumular tantas dividas. Iremos ver como Rebecca conseguirá alcançar a estabilidade a nível financeiro e conseguir controlar o seu impulso por compras.
Gostei realmente do livro. Achei a história cativante, engraçada e refrescante. Também senti que com este livro aprendi alguns conceitos básicos de económica.
Embora diferente do filme (coisa que não esperava), a história surpreendeu-me bastante (positivamente)! Os personagens não estão muito desenvolvidos, mas compreendo essa parte, pois escrever um livro na 1ª pessoa pode por vezes ser mais complicado do que parece. Confesso que houve momentos em que a personagem principal, me irritou, mas acabei por gostar dela, e achar imensa graça ás situações do dia-a-dia dela! Afinal quantos de nós não somos viciados em compras? Seja em roupas, ou em livros (como eu), entre outras coisas.

Sinopse: “Quando as coisas se descontrolam – os descontrolados vão às compras. Rebecca Bloomwood é louca por compras, está enterrada de dívidas até aos ossos e passa o tempo a tentar escapar ao seu gerente de conta. A sua única esperança é tentar ganhar mais e gastar menos. O seu único consolo é comprar alguma coisa – só mais uma coisinha…”

Para os mais curiosos (e que não viram o filme ainda), fica aqui o trailer! 😉

Livros lidos em 2015

Achei que para variar um pouco e, em vez de escrever uma nova opinião, podia falar sobre os livros lidos em 2015, logo também obviamente sobre o Goodreads 2015’s Challenge.
Este ano foi um ano ainda melhor que o de 2014! Em 2014 só li 27 livros. É pouco, não é? E para o ano de 2015, a minha meta era ler 35 livros, no mínimo. Mas com o estágio durante o Verão, os exames do meu curso, e várias coisas do dia-a-dia, cheguei a Setembro com poucos livros lidos, e sinceramente, nunca pensei que alcançasse o mínimo dessa meta, quanto mais ultrapassá-la! Mas foi o que aconteceu e, além de feliz, estou muito orgulhosa de mim mesma, por ter lido quase o dobro dos livros lidos no ano anterior. Muitas pessoas pensam “Ah, mas ler é um prazer, não uma corrida”, inclusive o meu padrasto é quem me disse isso mais vezes durante o ano, mas ao contrário dele, não concordo! Sim, ler é um prazer, mas para uma pessoa que gosta tanto de ler como eu, colocar uma meta é um desafio, para o nosso cérebro principalmente.

Sem Título-1

Para este ano, de 2016, coloquei como meta, no Goodreads 2016’s Challenge, 50 livros, ou seja, mais 15 do que no ano passado. Mas se considerarmos que li 44 no ano anterior, ler 4 a mais este ano é fácil, tendo em conta que este ano não tenho estágio! Verão significa ler muitos livros, óbvio!!

Fica aqui a lista dos livros que li em 2015, ordenada do primeiro livro que li no ano anterior até ao último (Ao longo deste ano, conforme for escrevendo opiniões sobre os livros que li em 2015, vou colocando a hiperligação aqui):
– O Aprendiz do Mago (As Crónicas de Wardstone #1) – Joseph Delaney (Original Title: The Last Apprentice)
– Nómada – Stephenie Meyer (Original Title: The Host)
– Duas Irmãs, um Duque – Eloisa James (Original Title: The Duke Is Mine)
– Nas Asas do Amor (Wings of Glory #1) – Sarah Sundin (Original Title: A Distant Melody)
– Um Desastre Maravilhoso (Beautiful #1) – Jamie Mcguire (Original Title: Beautiful Disaster)
– Pretty Guardian Sailor Moon, Vol. 3 – Naoko Takeuchi
– És o Meu Destino (Belle #3) – Lesley Pearse (Original Title: Survivor)
– Prazer da Noite (Dark-Hunter #1) – Sherrilyn Kenyon (Original Title: Night Pleasures)
– A Cada Dia – David Levithan (Original Title: Every Day)
– O Inferno de Gabriel (Gabriel’s Inferno #1) – Sylvain Reynard (Original Title: Gabriel’s Inferno)
– A Caminhar para o Desastre (Beautiful #2) – Jamie McGuire (Original Title: Walking Disaster)
– Quatro, Histórias da Série Divergente – Veronica Roth (Original Title: Four, A Divergent Collection)
– Perdoa-me – Lesley Pearse (Original Title: Forgive Me)
– Aposta Indecente – Matilda Wright
– Pretty Guardian Sailor Moon, Vol. 4 – Naoko Takeuchi
– Queimada (Casa da Noite #7) – P.C. Cast + Kristin Cast (Original Title: Burned, House of Night #7)
– A Muralha de Gelo – George R.R. Martin (Original Title: A Game Of Thrones)
– A Iniciação (Laços de Sangue #1) – Jennifer Armintrout (Original Title: The Turning, Blood Ties #1)
– O Abraço da Noite (Dark-Hunter #2) – Sherrilyn Kenyon (Original Title: Night Embrace)
– Espera por mim (Se eu ficar #2) – Gayle Forman (Original Title: Where She Went)
– A Possessão (Laços de Sangue #2) – Jennifer Armintrout (Original Title: Possession, Blood Ties #2)
– A Estreia (Fazendo Meu Filme #1) – Paula Pimenta
– A Elite (A Seleção #2) – Kiera Cass (Original Title: The Elite)
– Pretty Guardian Sailor Moon, Vol.5 – Naoko Takeuchi
– Cinzas (Laços de Sangue #3) – Jennifer Armintrout (Original Title: Ashes to Ashes)
– Letal – Sandra Brown (Original Title: Lethal)
– Rendida (Crossfire #1) – Sylvia Day (Original Title: Bared to You)
– Amor Cruel – Colleen Hoover (Original Title: Ugly Love)
– A Escolha (A Seleção #3) – Kiera Cass (Original Title: The One)
Os 100 (Os 100 #1) – Kass Morgan (Original Title: The 100)
– Uma Semana para te Amar (Drew + Fable #1) – Monica Murphy (Original Title: One Week Girlfriend)
– O Vestido Cor de Pêssego – R. A. Stival
– Reflectida (Crossfire #2) – Sylvia Day (Original Title: Reflected in You)
– Crónicas de Paixões e Caprichos (Bridgertons #1) – Julia Quinn (Original Title: The Duke and I)
– O Êxtase de Gabriel (Gabriel’s Inferno #2) – Sylvain Reynard (Original Title: Gabriel’s Rapture)
– De Amor e Sangue – Lesley Pearse (Original Title: Hope)
Fala-me de um Dia Perfeito – Jennifer Niven (Original Title: All the Bright Places)
Anjo Mecânico (As Origens #1) – Cassandra Clare (Original Title: Clockwork Angel, the infernal devices #1)
– Dança com o Diabo (Dark-Hunter #3) – Sherrilyn Kenyon (Original Title: Dance with the Devil)
Anjo Caído – Lauren Kate (Original Title: Fallen, book 1)
Wayward Pines, Paraíso – Blake Crouch (Original Title: Pines)
Entre o Agora e o Nunca – J. A. Redmerski (Original Title: The Edge of Never)
– A Rapariga no Comboio – Paula Hawkins (Original Title: The Girl On the Train)
As Crónicas de Bane – Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson (Original Title: The Bane Chronicles)

É uma lista enorme, vista assim! Coloquei os títulos originais para quem é fluente em Inglês e não em Português.

Deixo por fim, as fotos de todos os livros que li (Há um livro em falta, “De amor e sangue – Lesley Pearse”, pois emprestei-o):

A 5ª Vaga – Rick Yancey (Opinião)

22053301Publicação: 2014
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722352529
Preço editor: 16,90€
Minha classificação: 5 estrelas em 5 estrelas

Opinião: Após a chegada de uma nave extraterrestre, dá-se inicio a Primeira vaga, em que tudo o que trabalha a motor ou é elétrico desliga-se. Depois vem a Segunda vaga, seguida da Terceira e da Quarta vaga. Cada vaga representa uma fase da “queda” da humanidade. E é na Quarta vaga ou no fim dela, que a história começa. Narrada na visão de quatro personagens (na de Cassie Sullivan [a personagem principal] e na de Ben Parrish, ambos na primeira pessoa, e na de Evan Walker e de Sammy Sullivan, ambos na terceira pessoa), este livro acompanha principalmente a aventura de Cassie, que luta pela sobrevivência, mas também por encontrar o seu irmão, que fora levado pelos Outros (Os Outros é o nome dado aos extraterrestres). Além de Cassie, iremos também acompanhar a evolução da relação entre ela e o desconhecido que a salva da morte, tal como iremos seguir a evolução de Ben Parrish, um antigo colega de Cassie, de um mero humano para uma verdadeiro soldado, com a missão de salvar os seres humanos da nova ameaça.

Este livro é daqueles que merece um “OMG”, porque ele é simplesmente fantástico, desde a primeira página à última. Sempre que terminava uma parte (porque cada parte corresponde a um ponto de vista de um personagem), sentia a necessidade de continuar a ler, pois a curiosidade sobre o que se seguiria era maior. A única parte no final do livro de que menos gostei foi o triângulo amoroso que, ao meu ver, se forma de uma forma apressada. Mesmo assim, o livro é fantástico, e se merecia mais do que 5 estrelas? Sem dúvida! Um dos melhores livros de ficção-científica que tive oportunidade de ler, inclusive também é um dos melhores livros, na minha opinião claro, traduzido e publicado pela Editorial Presença!

Sinopse: “A 5ª Vaga, o volume que dá início à trilogia com o mesmo nome, é uma obra-prima da ficção científica moderna. É um épico extremamente original, que nos apresenta um cenário de invasão extraterrestre do planeta Terra como nunca antes foi escrito ou sequer imaginado. Nesta narrativa assombrosa, uma nave extraterrestre fixa-se na órbita da terra, à vista de todos mas sem estabelecer qualquer interação. Até que, subitamente, uma gigantesca onda eletromagnética desativa todos os sistemas da Terra, e todas as luzes, comunicações e máquinas deixam de funcionar. A esta primeira vaga seguem-se outras, num crescendo de violência que devasta grande parte da humanidade. Será este o fim da existência humana sobre a Terra? Haverá ainda alguma salvação possível? Um thriller de alta voltagem, com todos os ingredientes para se tornar um grande clássico da literatura fantástica universal.”

Para quem não sabe, este livro foi adaptado para filme, e estará nos cinemas a 14 de Janeiro deste ano. Fica aqui o trailer para os mais curiosos 😉

Wayward Pines, Paraíso – Blake Crouch [Opinião]

imagePublicação: 2015
Editor: Suma de Letras
ISBN: 9789898775368
Preço editor: 16,90€
Minha classificação: 4/5 estrelas

Opinião: Wayward Pines, com o subtítulo de “O Paraíso”, é o primeiro livro da trilogia escrita por Blake Crouch. Neste primeiro livro, que equivale mais ou menos aos cinco ou seis episódios da série, fala-nos de um pequeno lugar, Wayward Pines. A história acompanha Ethan, um agente dos serviços secretos, que após um acidente de carro, do qual ele é o único sobrevivente, acorda num hospital, numa cidade desconhecida. Inicialmente, o seu objectivo era descobrir onde se encontravam dois agentes, colegas seus, que estavam desaparecidos, mas aos poucos, Ethan Burke começa a colocar questões mas sobre a cidade onde está, que apesar de parecer o lugar perfeito para se viver, o “paraíso”, omite segredos obscuros.

Antes de ler o livro, já tinha visto a 1ª temporada baseada no livro, mas isso não influenciou em nada a minha visão do livro. Pelo contrário. Gostei tanto dele como gostei da série, ou até mesmo mais, pois há certas partes que são diferentes e bastante melhores do que na adaptação televisiva (não mencionarei, porque isso seria “spoiler” certo?).
Porém não sei se continuarei com a leitura desta trilogia, por agora, por já saber o que irá acontecer nos próximos livros. Talvez no futuro, quem sabe. Mas por agora, não é uma trilogia que tenha na minha lista de “próximas leituras”. Dei 4, e não 5 estrelas, pela escrita, a forma como Blake Crouch descreve os acontecimentos é até simples demais, pouco cativante, além de que estende demasiado um acontecimento que caberia em metade das páginas de forma mais interessante.

Sinopse: “As crianças brincam na rua e os pássaros cantam nas árvores quando o agente dos serviços secretos Ethan Burke chega a Wayward Pines, uma terra idílica nas paisagens de Idaho.
A sua missão é clara: encontrar dois agentes federais que desapareceram há dois meses na bucólica localidade. Apenas minutos depois de chegar, Ethan sofre um violento acidente e acorda no hospital: sem documentação, sem telemóvel, sem a sua pasta. À medida que a investigação avança, as dúvidas são cada vez mais numerosas e inquietantes do que as respostas. Porque não consegue Ethan comunicar, de nenhuma forma, com a mulher e o filho? Por que razão todos duvidam da sua identidade? Qual é o propósito do muro electrificado que circunda a cidade? Impedir os habitantes de sair… Ou impedir alguma coisa de entrar?
A cada passo que dá na procura da verdade, Burke afasta-se cada vez mais do mundo que pensava conhecer e do homem que pensava ser. Até que esbarra numa dúvida aterradora: será ele capaz de sair de Wayward Pines?”

Trailer da série televisiva:

Anjo Caído – Lauren Kate [Opinião]

9609780Publicação: 10/2010
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896571252
Preço editor: 17,75€
Minha classificação: 4/5 estrelas

Opinião: Este livro conta a história de uma rapariga, Luce Price, cujos os país colocam-na numa instuição, uma espécie de “prisão” para adolescentes. É neste lugar que ela conhecerá Daniel, um rapaz misterioso, que Luce sente conhecer de um passado, mesmo não sabendo de quando. Além de Daniel, conhece também Cam, outro rapaz que ao contrário de Daniel, aproxima-se de Luce.
Nos primeiros capítulos, o livro não me agradou muito, isto é, não me cativou ao ponto de eu ficar “viciada” nesta leitura, não só por não entender qual o assunto principal da história, como pelo enrolar e descrição de acontecimentos que considero irrelevantes/desnecessários para a história. Mas ao fim de mais ou menos 100 páginas, comecei a gostar um pouco mais, e ao virar de cada página, a adorar o livro, principalmente a química entre Daniel e Luce. E quanto ao final, foi bom, imprevísivel em algumas partes.
Fiquei bastante contente ao saber que existem mais três livros pertencentes a esta saga, e mesmo já tendo ouvido várias pessoas dizerem que os próximos livros não serão bons como o primeiro, o meu entusiasmo mantém-se, porque esta história lembra-me um pouco de Hush Hush, da autora Becca Fitzpatrick (da porto editora), uma saga que adorei ler sem dúvida!

Sinopse: “Existe qualquer coisa de dolorosamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso e distante, prende a atenção de Luce Price logo que o vê no primeiro dia de aulas no internato Sword & Cross, em Savannah. É a única coisa boa num lugar onde os telemóveis são proibidos, os outros estudantes são tramados e as câmaras de segurança vigiam todos os movimentos. Excepto uma coisa: Daniel não quer ter nada a ver com Luce e faz o possível para tornar isso muito claro. Mas ela não consegue desistir. Atraída para ele como uma borboleta para uma chama, Luce tem de descobrir o que Daniel, desesperado, tenta manter em segredo… mesmo que a mate. Perigoso, excitante e sombriamente romântico, Anjo Caído é uma apaixonante e perfeita história de amor.”