O Vestido Cor de Pêssego – R. A. Stival (Opinião)

25938537Publicação: 08/2014
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575328
Preço Editor: 17,76€
Minha classificação: 5 em 5 estrelas

Opinião: R.A. Stival ou Rosania Stival é uma escritora brasileira, que vive em Portugal à 6 anos. Infelizmente, este livro (que eu saiba) não foi adaptado para inglês. “O Vestido Cor de Pêssego”, publicado em Portugal pela Planeta, foi o primeiro livro escrito e publicado oficialmente pela escritora e sendo praticamente uma escritora “nacional”, o que me surpreendeu bastante, pois quando comprei o livro, não fazia ideia disto. E confesso: Escritores brasileiros/nacionais não me atraem, mas esta escritora mudou totalmente a minha ideia de que um escritor de língua portuguesa (Portugal e Brasil) não tem capacidade de escrever um livro tão bom como um americano ou inglês.
O que mais me cativou desde o inicio foi, sem dúvida, a lindíssima capa deste livro! A editora Planeta nunca me desilude: As capas dos livros publicados, por eles, são sempre fantásticas. E há que julgar o livro pela capa, pois a sinopse e a história são ainda mais lindas que a capa!


Rapidamente fui à livraria Bertrand e nesse mesmo dia iniciei a leitura deste livro. E não foi que me vi viciada/agarrada e completamente apaixonada pela história em poucas páginas? Digo o mesmo dos personagens, principalmente do Amadeus e da Adeline, que estão muito bem desenvolvidos. É realmente impossível não nos apaixonarmos pelo livro, pela escrita, pela história, pelos personagens, por tudo! A História prendeu-me realmente desde a primeira página até à última ao ponto de se tornar uma das minhas leituras favoritas de 2015 (li de um dia para o outro, só para terem noção).
Algo que gostei foi o facto de o livro ser escrito em duas fases da vida do casal principal: No passado, quando Adeline ainda não conhecia Amadeus, e no presente, que fica parado por um tempo, até que o passado alcance esse presente. Este livro é sem dúvida fantástico! Se gostam de romances históricos, ou simplesmente uma boa e viciante leitura, não deixem de ler este livro!

Fica mais abaixo um pequeno excerto do livro, retirado da http://www.wook.pt (juntamente com a sinopse). 

Sinopse: O general Amadeus Barnard, da Cavalaria Ligeira da Grande Armée de Napoleão, tinha um título de nascimento. Propriedades. Uma biblioteca preciosa. Era um herói nacional. Bonito como o diabo. Adeline Boissinot só tinha dois vestidos. Não: apenas um vestido – o que trouxera no corpo quando rumara até Paris, atrás de um sonho que nunca se realizaria… O outro, o vestido castanho que usava durante o dia e fora adaptado ao seu corpo delicado, era o vestido da criadagem.

Excerto: « O toque dela era inebriante e Amadeus sentia-se a resvalar para a inconsciência de quem era, do lugar onde estava, de qual era a sua situação… Sentia que a cabeça repousava na maciez dos seios dela, e que os seus dedos suaves lhe mexiam delicadamente, deixando-o em brasa. Mas que importavam agora as coisas do mundo? Posição social? Idade? Instrução? Naquele instante, nada importava a não ser aquele toque, aquela suavidade na sua pele que lhe acelerava o sangue e provocava um desejo galopante a apoderar-se de cada fibra do corpo. Tinha ímpetos de apertar cada vez mais os dedos no tecido da camisa que tinha entre as pernas, em desespero, pois não queria que ela visse até que ponto estava a mexer com os seus sentidos… » 

Advertisements

2 thoughts on “O Vestido Cor de Pêssego – R. A. Stival (Opinião)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s