O Assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie

1Publicação: 2011
Editor: ASA
ISBN: 9789892316161
Preço Editor: 12,50€
Minha classificação: 4 em 5 estrelas

Opinião: Eis o primeiro livro da Agatha Christie que li! Vi-o na feira, e não só a capa me chamou à atenção, como a história, e por estar a um preço tão atrativo, acabei por comprá-lo!
Passaram-se uns dias, e sem aguentar mais, comecei a lê-lo. E adorei-o, sem dúvida! Algo bom é que é cheio de diálogos, o que torna a leitura ainda mais rápida, além de fluente.
Neste livro, de entre dezenas desta tão clamada escritora, acompanhamos a visão de um médico, que numa manhã é chamado à casa de uma senhora (peço desculpa, pois esqueci-me dos nomes), que foi encontrada morta pelos seus empregados. Mais tarde, encontramos o nosso narrador na casa de Roger, um “amigo” da mulher mencionada anteriormente, que mostra-se desesperado, principalmente com a chegada de uma carta da sua falecida amiga. Nessa mesma noite, Roger é morto (o que é óbvio, através do título hahaha). O Médico apercebe-se logo de que esta não é uma morte qualquer, mas sim um assassinato. É então que a sobrinha de Roger decide contratar um detetive, Hercule Poirot, ao qual será dada a missão de descobrir o assassino de Roger.

Algo que todas as pessoas que lêem ou leram Agatha Christie tem vindo a dizer, confirmou-se: Só se descobre o “vilão” no final do livro. É este um dos pontos positivos desta história: Não é previsível, e não há nada melhor do que ler um thriller/policial pouco ou mesmo nada previsível, pois deixa-nos sempre mais curiosos sobre o que vai acontecer.
Este foi talvez o primeiro livro deste estilo, cujo o assassino não descobri logo. Vi-me, por várias vezes, a criar esquemas na minha cabeça, fazendo ligações, de modo a encontrar o culpado pelo assassinato do livro.
O Final foi sem dúvida surpreendente, e nada esperado! Aliás, a todos os que ainda não leram este livro, recomendo-vos a não lerem a carta que aparece logo no interior do livro (na parte de trás da capa) pois contém spoilers, não só deste livro, mas penso que dos outros livros desta coleção d’Os Favoritos de Agatha.
Gostei realmente deste livro, e alcançou as expectativas que tinha em relação a esta escritora. Porém ainda estou em dúvida se irei ler mais livros dela. Caso o venha a fazer, irei, óbvio, adquirir e ler “As Dez figuras Negras” que é outro livro com uma sinopse bastante interessante!

Sinopse: “Em Fevereiro de 1972, Agatha Christie escreveu uma carta ao seu editor. Nessa missiva, incluída nesta edição especial, a Rainha do Crime elegeu os dez livros de sua autoria de que mais gostava. O Assassinato de Roger Ackroyd, considerado um «favorito de sempre» pela autora, foi originalmente publicado em 1926 na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. Foi adaptado para o teatro em 1928, tendo também sido transposto para o cinema em 1931 e para a televisão em 1999. 

Roger Ackroyd sabia de mais. Sabia que a mulher que amava envenenara o primeiro marido, um homem extremamente violento, e suspeitava que ela era vítima de chantagem. Quando ela é encontrada morta, ele não se conforma com o relatório médico que aponta para suicídio por overdose. Ackroyd desconfia de algo bem mais sinistro e quer encontrar respostas para as inúmeras perguntas que pairam ameaçadoramente no ar. Mas alguém está disposto a impedi-lo. Nem que, para tal, tenha de o matar.”

Anúncios

2 thoughts on “O Assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s