Pecados na Noite – Sherrilyn Kenyon, Predador da Noite #8 [Opinião]

imageTítulo Original: Sins of the Night
Publicação: 2011
Editor: Edições Chá das Cincos
ISBN: 9789897100130
PVP: 18,85€
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: “No universo dos Predadores da Noite existe um código de honra que até os imortais mais ousados devem seguir: Não magoar humanos. Não beber sangue. Nunca se apaixonar. Mas, de vez em quando, um Predador parece achar-se acima do código. É nessa altura que sou chamado. Quem sou eu? Sou a fúria que terá de enfrentar. Nada me pode tocar. Nada me pode deter. Sou implacável e insensível.
Ou assim pensava eu, até me cruzar com uma Predadora da Noite conhecida como Danger – e não o é apenas no nome, mas na forma como vive a vida. Não confia em mim. E quem sou eu para censurá-la? Apenas ela sabe que estou aqui para julgar, sentenciar e, muito provavelmente, executar os seus amigos.
Danger St. Richard é uma distração fatal. Algo nela conseguiu despertar um coração que eu julgava morto para sempre. Nesta corrida contra o mal, a única esperança da Humanidade é que eu cumpra o meu dever. Mas como poderei fazê-lo se isso significa sacrificar a única mulher que alguma vez amei?”

Opinião: Este livro merece um “UAU! Mas que livro!” porque é mesmo um ótimo livro. 6Surpreendeu-me imenso, pela positiva, pois não esperava muito dele, e já até tinha “previsto” que este seria outro livro da Sherrilyn Kenyon de quatro estrelas (para mim), pois os últimos três livros que li dentro desta série (“Beijo da Noite“, “Jogos na Noite” e “Sedução na Noite“) não foram tão bons quanto os iniciais e acabaram por ficar com apenas 4 estrelas e não 5 como os anteriores. Claro que “Dança com o Diabo” é o meu favorito até agora, porém “Pecados da Noite” quase chegou lá, pois a sinopse fez-me ter as mesmas expectativas que tive em relação aos três anteriores, porém ao ler a história, essas expectativas foram superadas!

Alexion é o meu personagem favorito da série até agora, para além do Acheron, óbvio. Penso que qualquer pessoa que leia e siga a série “Predadores da Noite” (Dark-Hunter) concorda comigo quando digo que é impossível não adorar o Acheron e não tê-lo como favorito! Claro que não posso deixar de mencionar a Simi, que desde de “Dança com o Diabo” que tem vindo a aparecer nas histórias dos predadores de Acheron, e que faz-me rir imenso, e que, obviamente, é impossível (também) de não gostar. Mas falando do Alexion.. É de facto o personagem masculino principal, de entre os livros que já li, que mais gostei até agora. Não só pela força e poder que este detém, mas também pela sua personalidade.. É sincero, direto, e só me lembro de rir imenso enquanto lia o livro, pois é um personagem divertido apesar de sério, e é isso que o faz ser tão diferente dos outros.
Ao contrário dos outros livros (além de “Amante de Sonho” em que Julian é um escravo, e não um predador), Alexion não é um predador. É a Danger (ou Dangereuse) que cabe o papel que deixou de ser dos homens e que neste livro pertence a uma mulher! E mesmo esperando que a personagem em si, o modo como ela luta e vive não faça muito jus ao nome, adorei-a na mesma, e de entre as personagens femininas, para além da Tabitha, é talvez a melhor de todas! Diria a Simi, mas ela fica guardada para “melhor demónio”!

aA Sinopse não diz muito, mas por um lado eu acho isto ótimo, pois é ótimo quando um livro alcança-nos as expectativas, mas é ainda melhor quando as supera, então acho que foi uma coisa boa não ter começado a ler este livro com muitas expectativas, pois, como já disse, foram superadas! A História é fantástica. Adorei ver como é que Acheron resolve problemas relativos aos seus “soldados” quando estes estão em situações menos agradáveis. Este foi o primeiro livro que abordou uma “revolta” e mostrou que nem todos os predadores da noite são bonzinhos, como os que temos conhecido.
Novamente a Sherrilyn Kenyon soube escrever uma história viciante e fácil de ler-se, o que chega a admirar, pois são raros os escritores, que após tantos livros, conseguem continuar a serem fantásticos e a partilharem mundos diferentes e nada aborrecidos. Esta é talvez a única série que posso dizer, que depois de 8 livros, continuo a querer ler mais, pois não sinto que se torne cansativo ou repetitivo o tipo de histórias. Um exemplo de uma série que para mim começou bem mas foi piorando é “House of Night” da P.C. Cast + Kristin Cast. Mas a série Predadores da Noite continua cada vez melhor! E o facto de ter à minha espera um livro sobre o Acheron ajuda imenso, principalmente porque é o número 14 da série, então até lá.. Ainda tenho mais 5 livros para ler, e espero que tal como este, só venham a melhorar cada vez mais!

Uma das coisas que mais gostei neste livro foi sem dúvida as revelações sobre Acheron, que apesar de continuarem a ser poucas, já são ótimas, como para alguém como eu, que adora-o e considera-o o seu personagem favorito, é normal que queira saber muito mais sobre o “Atlante”!

Advertisements

One thought on “Pecados na Noite – Sherrilyn Kenyon, Predador da Noite #8 [Opinião]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s