A Maldição do Vencedor – Marie Rutkoski [Opinião]

30843039Título Original: The Winner’s Curse
Publicação: Julho/2016
Editor: Topseller (20|20 Editora)
ISBN: 9789898843401
PVP: 17,69€
A minha classificação: 5/5 estrelas

Sinopse: “Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai.
Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo — por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade.
Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara.”

Opinião: Antes de mais, queria agradecer mais uma vez à Topseller (principalmente ao departamento de comunicação) por me ter enviado um exemplar deste livro!

Depois da trilogia “Os 100”, a Topseller traz-nos IMG_20160719_102208mais um livro, que tem tido sucesso pelo mundo inteiro, e pelo qual tenho ansiado pela sua tradução, pois ler em inglês não chega a ser tão agradável como ler na nossa língua materna, claro.
“A Maldição do Vencedor” é o primeiro livro de uma trilogia (cujos os outros títulos são “The Winner’s crime” e “The Winner’s kiss”) e mais uma vez dou os meus parabéns e agradecimentos à Topseller por trazer para Portugal o inicio de um trilogia que promete deixar qualquer pessoa, que goste de romance e fantasia, rendida e viciada, como eu fiquei.
As primeiras páginas, como em qualquer livro, deixam-nos curiosos sobre o que se
sucederá, mas foi quando vi uma ligação crescer entre Kestrel e Arin que fiquei completamente agarrada, e quando dei por mim, era já de noite e tinha devorado o livro todo ao longo do dia, sem me aperceber. A História é realmente viciante! É uma palavra que uso muito, mas em relação a este livro “viciante” merece ser dita com bastante ênfase.

Falando do que mais gostei… Aliás, não há nada que não tenha gostado!
Adorei principalmente a caracterização da diferença entre dois povos: os Valorianos e os Herranis. Isto lembrou-me imenso a história dos Romanos.. Os nobres e os escravos. E realmente adorei que a escritora tivesse pegado neste conceito de escravo-amo, e que tivesse juntado a isto ainda mais ação, do que seria esperado.
Outro ponto que gostei neste livro foi a relação entre Arin e Kestrel. Quando digo relação, não me refiro a romance, claro. É a ligação deles. A forma como ambos foram se relacionando, apesar das suas diferentes, até que entre ambos cresce uma evidente amizade (ou algo mais).

Kestrel é uma personagem forte, tal como Arin, mas que distingue-se (ao meu ver) por não ser a típica “badass” que sabe lutar e que geralmente é perfeita em tudo o que faz. Arin é bastante intrigante e que me faz viver numa constante linha de “amor-ódio”, e sinceramente não sei explicar o porquê disto. Mas juntos formam uma dupla incrível que torna a história ainda melhor.

IMG_20160720_151229Não posso deixar de mencionar que a capa é linda. Uma das mais lindas que já vi, e fiquei contente quando vi que não tinham alterado a capa.
Inicialmente comecei a ler o livro, com uma expectativa, principalmente porque a capa passava-me a ideia da história ser algo mais simples, mas enquanto ia lendo, vi-me ainda mais cativada pelo livro e acabei por perceber que o livro era ainda melhor do que aparenta ser pela sinopse. Se a capa é fantástica, a história é ainda melhor. Por isso, não deixem de ler por acharem que este livro é mais um romance fantástico com uma personagem feminina frágil.
Este livro é ótimo, desde a capa ao conteúdo e aos personagens. É um livro que merece todo o falatório que tem gerado, tal como o sucesso que tem tido! É um livro que recomendo, sem pensar duas vezes, e que todos os amantes de fantasia, assim como eu, têm que ter obrigatoriamente na sua estante!

Um excelente presente de Natal (adiantado ou não) seria a Topseller publicar o próximo livro (The Winner’s Crime) ainda este ano, não concordam?

Anúncios

2 thoughts on “A Maldição do Vencedor – Marie Rutkoski [Opinião]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s