Illuminae – Amie Kaufman e Jay Kristoff [Opinião]

99e524e9dd50c21c003f2db9ae89aa3c26f17Título Original: Illuminae 
Publicação: Junho/2016
Editor: Nuvem de tinta 
ISBN: 9789896650773 
PVP: 18,90€
A minha classificação: 4/5 estrelas

Sinopse: Estamos em 2575 e duas empresas rivais, empresa e empresa, estão em guerra por um planeta que fica para lá dos confins do Universo. Infelizmente, ninguém se lembrou de avisar os habitantes do malogrado planeta Kerenza. Debaixo de fogo inimigo, Kady e Ezra, que acabaram de se separar, tentam fugir numa frota de evacuação composta por três naves diferentes: Kady e a mãe ficam numa; Ezra, noutra.
Como se não bastasse estarem a ser perseguidos por naves inimigas que tentam aniquilar as últimas testemunhas da catástrofe em Kerenza, uma praga mortífera deflagra a bordo da nave. Kady descobre que o sistema de inteligência artificial da frota, que deveria protegê-los, poderá ter-se transformado no seu pior inimigo. Quando tenta descobrir a verdade, torna-se claro que só Ezra, a quem jurou nunca mais dirigir a palavra, poderá ajudá-la a impedir uma calamidade.

“Illuminae” é diferente de todos os livros que alguma vez leste. Através de documentos pirateados, emails, mapas, arquivos militares, transcrições de interrogatórios e mensagens, vais descobrir que o pior dia da vida de Kadie é apenas o início da história mais trepidante e arrebatadora de sempre.

Opinião: É sem dúvida um dos livros mais único e diferente que já vi (e li).
Quem já leu opiniões de livros como Eternal Darkness (que adorei) ou Quando as Estrelas Caem (These Broken Stars), sabe que fição cientifica e histórias passadas no espaço/universo não faz muito o meu género. Mas com todo o hype que há à volta deste livro (que é escrito por uma das escritoras de Quando as Estrelas Caem), não resisti a comprá-lo (tive que esperar algum tempo, para encontrá-lo nos grupos do facebook, porque o preço deste… ufa!), mesmo que a forma como o livro está construído, me tenha assustado desde sempre. Mas no fundo, é isto que o torna tão único no meio de dezenas de livros que já li.

Depois da pequena desilusão que tive com Quando as Estrelas Caem, não pude deixar de img_20160905_115439sentir certo receio de vir a ser desiludida por este livro, do qual toda gente (que já o leu) fala imenso. Este receio é geral para todos os livros, que tal como este, têm “hype”, ou seja, que são muitos falados e que têm imensa fama de serem algo de extraordinário.
E este livro não é extraordinário. Pelo menos nas primeiras 150/200 páginas. Acho que não sou a única a sentir-se confusa no primeiro terço do livro. A escrita e construção do livro é única, nunca antes de vista (pelo menos, por mim), e isso pode confundir qualquer um, principalmente se essa pessoa, como eu, não for muito fã de livros que se passem no espaço/universo. As informações também chegam a ser confusas às vezes.

E vocês perguntam-se “Porque é que ela deu um 4, se o livro é confuso?”. Decidi fazer um esforço e continuar a ignorar a confusão que me fazia tanta informação e todos os formatos na páginas iniciais. Mas rapidamente, algures no momento em que ligam a RADIA (quem leu ou ler, entende ou irá entender ao que me refiro!), um botão dentro de mim ligou-se e comecei a fazer curiosa, agarrada.. Totalmente viciada e encantada com este livro, com a sua história, e principalmente com a ação! Não esperava nada pelo que aconteceu ao longo do livro. Este livro não é extraordinário, mas é bom, mesmo muito bom, e vale a pena lê-lo, mesmo que as primeiras páginas, como eu disse, sejam confusas. Mesmo que alguns de vocês não tenham gostado do outro livro da Amie Kaufman, publicado em Portugal, assim como eu não gostei, não podem deixar dar uma oportunidade a este!
Muitas pessoas dizem ter gostado principalmente do “romance”, da ligação entre dois personagens. Mas eu digo, que o que gostei mais neste livro foi a ligação entre uma personagem e um programa. É esquisito isto que acabei de dizer, eu sei! Mas quem ler este livro, perceberá. Existe ação, existem momentos tristes ou momentos que nos fazem prender a respiração! E tudo isto, apresentado neste estranho mas fantástico formato (E a capa é linda, claro!!)!

Boas notícias: Foi, ou vai ser, lançado o segundo livro desta série. Não sei se é continuação ou se é outra história, mas mal posso esperar por vê-lo traduzido!

Anúncios

2 thoughts on “Illuminae – Amie Kaufman e Jay Kristoff [Opinião]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s