Uma Escolha Por Amor – Nicholas Sparks [Opinião]

99e524e9dd50c21c003f2db9ae89aa3c26f17Título Original: The Choice 
Publicação: Jan/2016  
Editor: ASA 
ISBN: 9789892334349 
PVP: 16,90€
A minha classificação: 4.5/5 estrelas

Sinopse: Travis Parker tinha tudo o que um homem podia desejar: um bom emprego, grandes amigos e uma casa de sonho. Não encontrara ainda a sua alma gémea, mas também não sentia a sua falta… pelo menos, até ao dia em que um mal-entendido levou Gabby Holland, a nova vizinha, a bater-lhe à porta.
Gabby também não tencionava sucumbir aos encantos de Travis. Para começar, tinha uma relação estável com um namorado de longa data… e o novo vizinho irritava-a imenso. Mas a animosidade depressa deu lugar a uma cordial amizade, e, aos poucos, a algo muito mais sério. Juntos, vão empreender uma jornada que dificilmente poderiam ter antecipado.
Agora, anos mais tarde, Travis está no hospital, a sua vida despedaçada, o futuro uma incógnita. Ele recorda o passado, todos os momentos que o levaram ali. Se ao menos pudesse fazer com que o tempo voltasse atrás… Pois Travis encontra-se perante uma escolha que ninguém deveria ter de fazer… nunca!
Valerá a pena quebrar a promessa que fez ao amor da sua vida?
Uma Escolha Por Amor é uma lição de vida sobre o poder do amor, da perseverança e da fé.

Opinião: Uma coisa que muitas pessoas, que me conhecem, sabem é que Nicholas Sparks não é dos meus escritores favoritos. Talvez por ter escrito só romances. Talvez pelo seu estilo de escrita. As histórias dele são lindas, e quando adaptadas para o cinema, fazem até aqueles que não lêem os seus livros, ou não os apreciam, chorarem no final.
Este filme não foi diferente. Sim, leram bem. Eu disse FILME. O filme está fantástico e chorei (não é algo que uma pessoa deva ter vergonha de admitir ter feito). E como gostei, lá fiquei com alguma curiosidade em relação ao livro. E porque menciono o filme, numa opinião do livro? Porque não consigo não comparar um ao outro, por já ter visto todos os filmes “dele”, e só ter lido (a contar com este) dois livros de Sparks, mas apenas depois de ver os respetivos filmes.

Não, o livro não é tão bom quanto o filme, pois o filme marcou-me de alguma forma. img_20160906_124535Talvez o facto de saber o que ia acontecer, não me fez gostar ainda mais deste livro.
Mas comparando este com o “Dei-te o melhor de mim”, gostei, sem dúvida, muito mais deste último. A história era mais divertida. Não era cansativa de todo. Dei por mim a perguntar-me: “Este livro foi escrito pelo Nicholas Sparks? Ou foi o “The Best of Me” escrito por outro escritor, e esta é que é a verdadeira escrita de Sparks?”.
Gostei mesmo muito deste livro, apesar de preferir o filme, claro. E é um livro que vale a pena ler, que tem uma história linda, uma história que toca qualquer um.
Não quis avaliar este livro, comparando-o ao filme, como é óbvio. Classifiquei-o como o livro que é, isolando o filme, porque acho que seria injusto fazer o contrário.
Só não é um livro de 5 estrelas, pois esperei que houvesse mais cenas do passado, da forma como o casal principal se conhece. Gostaria de ter visto mais do drama que se seguiria até eles ficarem juntos definitivamente, nesse passado. Mas tirando isto, o livro foi sem dúvida o meu favorito do autor até agora. Gostei imenso de Travis e de toda a história dos cães envolvida neste romance. Não desgostei da Gabby, mas gostaria de ter visto um pouco mais de personalidade, como vi na personagem do filme, que de certa forma era engraçada, assim como o personagem masculino.
O futuro seria chocante, se eu não soubesse o que aconteceria, mas mais uma vez, comparado o livro ao filme, e digo que Nicholas Sparks faria os leitores chorarem a sério, se tivesse posto todo o drama final, que vemos no filme. Isso sim, faria qualquer um concordar com o sentido do título “Uma escolha por amor”, embora tivesse acabado por fazer algum. Mas não causou o impacto, que o filme teve em mim.

No geral, é um bom livro. Rápido de ser ler, comparativamente ao “Dei-te o melhor de mim”. Talvez a caligrafia, espaçamentos e tamanho da letra ajude o leitor a sentir-se mais cativado a ler o livro, pois o primeiro livro que li de Sparks tinha um tamanho de letra mais pequeno, o que acaba por cansar um pouco o leitor.
Embora só tenha lido dois livros de Nicholas Sparks, este segundo recomendo totalmente!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s