O Crime do Vencedor (O Vencedor #2) – Marie Rutkoski [Opinião]

b572ab5bde7d249d563c59fd2e403af2Título Original: The Winner’s Crime
Publicação: Nov-2016
Editor: Topseller
ISBN: 9789898849809
PVP: 17,69€ – Compra-o com 10% de desconto aqui 
A minha classificação: 5/5 estrelas

Sinopse: Dois povos em conflito, uma aliança perigosa, um amor dividido.
Os Herrani, liderados por Arin, tomaram a sua terra de volta. Para impedir que a poderosa armada valoriana invadisse Herran e provocasse um banho de sangue, Kestrel aceitou casar com o príncipe herdeiro de Valoria.
O noivado causa sensação no reino, mas Kestrel sente-se uma prisioneira no palácio, sob a vigilância apertada do imperador que não confia totalmente nela. E com razão: Kestrel encontrou uma forma de passar informações secretas para ajudar o povo herrani, e está perto de descobrir um segredo chocante.
A paz com Valoria tem um preço demasiado alto e Arin procura novos aliados além-fronteiras. Ao mesmo tempo, ele debate-se com a decisão de Kestrel em se casar com o príncipe. Sem saber que ela é a espia que o está a ajudar no esforço de guerra, Arin decide arriscar tudo e tentar desvendar a verdade, mas esta poderá ser muito mais perigosa do que ele imagina.

Opinião: Se adorei o primeiro livro, mal tenho palavras para descrever o que foi este livro para mim. É o meu favorito de entre os dois até agora publicados pela Topseller. Isso é uma certeza. E depois da reviravolta que se dá no final de “O Crime do Vencedor”, estou a contar as semanas para que o terceiro e último livro “The Winner’s Kiss” (O Beijo da Vencedor, na tradução literal) seja publicado, para ver o que acontece!

Não deixa de ser verdade que adoro uma história que se passe no meio de uma monarquia, de uma corte. Sinto que isto adiciona alguma magia à história e acabo por gostar de qualquer livro que o inclua. E este segundo livro mostra-nos Kestrel na corte, próxima ao herdeiro e ao seu pai, o Imperador. Gostei realmente desta mudança de cenário. De alguma forma, adicionou mais perigo e ação à história, o que não achei que acontecesse no primeiro, que para mim foi um pouco mais parado em termos de acontecimentos, em comparação com este segundo livro.
Verex, o filho do Imperador e o futuro consorte de Kestrel, revelou-se uma ótima personagem, assim como Tensen e até mesmo Roshar (que não consegui evitar achar engraçado). Foram personagens que me impressionaram, principalmente o primeiro que mencionei, pois esperei que fosse frio, idêntico ao seu pai, e estou realmente curiosa em saber o que este fará no livro seguinte, com o que aconteceu no final deste.
A evolução e mudança de Kestrel, tanto a nível de personalidade como de personagem, é bastante notável e gostei mesmo do que vi. Arin tinha conquistado-me desde o primeiro livro, mas não Kestrel. Achei-a muito “apagada” no primeiro livro, quando comparada com este, em que encontramos não uma jovem, mas uma mulher forte à sua maneira. Gostei ainda mais desta Kestrel, do que a do primeiro livro, sem dúvida. O Arin é o Arin… Gostei da parte humana, de não conseguir ver realmente o que está à sua frente, que a autora decidiu dar a este personagem… afinal, não teria tanta piada se ele tivesse percebido logo, logo, o porquê de Kestrel casar com o herdeiro do império valoriano certo? É óbvio que isso traria ainda mais romance à história e criaria um amor proibido ainda maior, mas acho que a dose de romance neste livro está no ponto e gostei realmente do desfecho deste livro, apesar de algumas revelações chocantes. Este segundo livro é ainda melhor que o primeiro, como já disse, pela evolução de algumas personagens, pela introdução de outras, e claro, pelo aumento de ação e perigos que a corte traz à vida de Kestrel e do que a rodeia.
Não esperava que fosse aquele o desfecho do livro, apesar de ter gostado, porque mesmo que não goste, acabo por gostar ao mesmo tempo deste cliffhanger que o livro nos traz, pois aumenta a minha curiosidade e ansiedade pelo terceiro livro, além de que estou mesmo muito curiosa para ver qual a cor que a Topseller escolherá para o vestido da capa de “The Winner’s Kiss”: Vermelho ou verde? Eu apostaria no vermelho, sem dúvida, porque tenho a certeza que combina na perfeição com o que virá no próximo livro 🙂

Uma leitura com o apoio delogo_topseller_lema

Anúncios

2 pensamentos sobre “O Crime do Vencedor (O Vencedor #2) – Marie Rutkoski [Opinião]

  1. Pingback: Leituras de Novembro [2016] – Wrap-Up – The Girl Who Reads Books

  2. Pingback: [TAG] The Goodreads Book Tag – The Girl Who Reads Books

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s