Heir of fire (ToG #3) – Sarah J. Maas [Opinião]

20613470Publicação: Setembro-2014 
Editor: Bloomsbury 
ISBN: 9781619630659 
PVP: N/A – Variável de site para site – Compra-o em www.wook.pt 
A minha classificação: 5/5 estrelas

[Atenção: Esta opinião contém spoilers para quem não leu o “Throne of Glass” e “Crown of Midnight”, porém não darei spoilers deste livro em questão]

Sinopse (versão pt-br aqui): Celaena has survived deadly contests and shattering heartbreak―but at an unspeakable cost. Now, she must travel to a new land to confront her darkest truth . . . a truth about her heritage that could change her life―and her future―forever. Meanwhile, brutal and monstrous forces are gathering on the horizon, intent on enslaving her world. Will Celaena find the strength to not only fight her inner demons, but to take on the evil that is about to be unleashed?

Opinião: Depois de ter lido até Queen of Shadows (estas opiniões estão um pouco atrasadas), percebo que adorei este livro, porém tive alguns problemas com ele, o que mais uma vez não me impediram de lhe dar as 5 estrelas. Por isso começando por esses problemas: Não fui a única a sentir alguma dificuldade a entrar no mundo que nos é apresentado, pois existem imensas alterações em relação ao mundo simples e sem magia que pensávamos não existir nos dois livros anteriores. Foi como cair de para-quedas de repente neste livro… Ao inicio senti-me confusa, sem entender muito bem, por estar habituada ao que conheci durante dois livros, não apenas durante algumas páginas. Também a entrada de bruxas neste livro e todo o seu plot deixou-me confusa e um pouco aborrecida ao inicio, pois não percebia. Após algumas pesquisas, percebo que não sou a única que se sente assim. Muitos outros fãs de SJM sentiram-se assim com Heir of Fire. Novamente: estes pontos não fazem deste livro mau. Para mim, não é melhor que Crown of Midnight (Coroa da Meia-Noite – mas sou suspeita para falar, pois adorei este livro, sendo o meu terceiro favorito da série), mas encontra-se mais ou menos ao mesmo nível.

Mas chega de falar do negativo e vamos ao que interessa: Como é possível que a série vá melhorando de livro para livro? Senti evolução em termos do plot da história, dos personagens, principalmente de Celaena que melhora ainda mais após chegar a Wendlyn. Mas quanto ao ponto de demorara-se a entrar, pela apresentação de novos seres e um mundo pouco mencionado anteriormente: Assim que conseguimos absorver tudo isto, a escrita torna-se ainda mais viciante e não conseguimos parar. Foi isto que senti, pois não consegui evitar terminar o livro e não ir pegar nos seguintes, inclusive li-o em 2 dias, por isso, isto diz tudo, certo?
Em ToG e CoM tivemos praticamente os mesmos personagens, mas em Heir of Fire (tradução literal – Herdeira do Fogo) conhecemos novos personagens, todos fantásticos, muito bem criados e que não esperava encontrar, pois são tudo excepto “normais” quando comparados com Chaol e Dorian… eu adoro-os, mas os novos personagens… conquistaram-me. Manon, Rowan e Aedion (imagens abaixo, respetivamente), são alguns nomes de novos personagens que vieram tornar este livro ainda melhor. Mais não direi, excepto na opinião do próximo livro!
Quanto ao ponto das bruxas… Foi aborrecido, em certos momentos, sim, porque não se percebia muito bem o sentido deste plot na história, mas interiormente, o que acontecia, principalmente a parte das montadas… UAU, quanta ação! Adorei conhecer as Blackbeaks, principalmente Manon e o seu grupo “mais intimo”.

Throne of Glass introduziu-nos um mundo e durante dois livros habituamos-nos a esse mundo e de repente, Heir of Fire veio expandir-nos esse mundo, como se ToG e CoM fossem uma duologia-prólogo para o que viria mais para a frente. É assim que me sinto quanto a HoF. Apesar da dificuldade em entrar na história, acho que isto deve-se ao “prólogo” prolongado que acompanhámos, mas isto não é uma coisa má, claro. Por isso, vocês, que estão a ler esta opinião, não desanimem nem percam as expectativas, porque este livro é ainda melhor que os anteriores!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Heir of fire (ToG #3) – Sarah J. Maas [Opinião]

  1. Pingback: Queen of Shadows (ToG #4) – Sarah J. Maas [Opinião] – The Girl Who Reads Books

  2. Pingback: Leituras de Janeiro [2017] – Wrap-Up – The Girl Who Reads Books

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s