Revolta (Os 100 #4) – Kass Morgan [Opinião]

18403040_1456018174421294_2902609066270061405_nTítulo Original: Rebellion 
Publicação: Maio-2017 
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869036
PVP: 16,99€ – Compra-o em www.wook.pt 
A minha classificação: 3/5 estrelas

Sinopse: Quando, finalmente, os 100 conseguem estabelecer a sua pequena comunidade na Terra, e construir um novo tipo de normalidade, são atacados de surpresa. Os invasores vestem de branco, estão armados e não se limitam a saquear o acampamento dos colonos: raptam também alguns dos seus habitantes, fazendo-os reféns.
Aqueles que escapam não podem ficar indiferentes, e recusam-se a deixar os amigos nas mãos de violentos desconhecidos. Perante este novo desafio, e frente a frente com um inimigo mortal, todas as diferenças terão de ser postas de parte. As prioridades estão, agora, bem definidas: resgatar os companheiros e restabelecer a paz.

Opinião: Fiquei tão contente quando soube que iria haver um quarto livro desta série! Da forma como terminou o terceiro, era impossível não existir um quarto, afinal de contas.

«Culpa-me», pensou. «Claro que sim. Tudo isto é culpa minha.» Mas, a seguir, viu-o expirar longamente, despendido-se de Rhodes e Max com um aceno de cabeça e dirigindo-se a ela.
Preparou-se para a sua raiva, mas Bellamy pousou-lhe as mãos nos ombros, puxando-a para um abraço. O calor da sua pele e peso dos seus braços libertaram algo dentro dela.

Neste novo livro temos um novo vilão: um grupo que rapta pessoas e que rouba os mantimentos de outras comunidades. Inicialmente, a ideia destes vilões pareceu-me boa e prometedora. Porém, mais para meio, a revelação do que eles realmente são e dos seus motivos para fazerem o que fazem, tornou-os… chatos. Não achei de todo criativa esta ideia. Também a ação principal do livro acaba por ser o oposto do que esperava. Para um final, imaginava algo mais dramático ou talvez dentro do estilo de drama da série televisiva, mas seguir apenas um grupo de “malucos” ao mesmo tempo que seguimos Bellamy e Clarke e outros membros de os 100 numa viagem apenas para resgatar os amigos que foram raptados, acabou por ser um pouco desapontante. Esperava muito mais para um final: mais ação, mais drama, mais obstáculos para alcançar-se a paz. Claro que parte disto, se deve a estar habituada a seguir a série que é fantástica, e é normal que acabe por esperar encontrar algo idêntico no livro. Por outro lado, 200 e tal páginas, para um livro de fantasia ou distópico, são muito poucas e foi exatamente esse o problema deste livro: Foram poucas páginas para desenvolver o que era um vilão com imenso potencial, assim como a ação.

18594430.jpg

No entanto, é um livro que qualquer fã dos livros anteriores e também da série, deve ler na mesma, pois mesmo não sendo o que esperava, foi um livro que não consigo evitar gostar. As aventuras continuam a ser intrigantes, pelo que a ação do livro, mesmo não sendo a melhor, quando comparada à dos livros anteriores, continua a deixar o leitor em suspense sobre que irá acontecer de seguida.
Bellamy e Clarke continuam a ser os meus personagens favoritos nos livros, assim como os seus capítulos. Seja como casal ou como personagens individuais, são para mim os melhores personagens desta série de livros e os que tornam estes livros viciantes e tão bons. O romance e o drama por trás deste, que continua a desenvolver-se neste quarto livro, é também o factor de que mais gostei. Já na série sou extremamente apaixonada por este par e pelas personagens de ambos os personagens, que é algo que não mudou na adaptação televisiva.
Quanto a Glass e Wells é quase um “tanto faz”. Não sinto que venham adicionar muito de interessante, enquanto personagens, à história.

Parte de mim gostaria que a autora tivesse desenvolvido mais a ação e talvez criado um vilão melhor. Achei este livro um pouco apressado e pequeno para um final de série e esperava realmente mais. Mas como disse, adoro o Bellamy e a Clarke e é sempre ótimo voltar a rever personagens como eles! Por tudo isto, adoraria que a autora escrevesse pelo menos mais um livro, de forma a dar um final melhor e mais digno a um mundo como este, pois é uma série que começou de forma simplesmente fantástica e que perdeu imensa qualidade neste último livro.

Uma leitura com apoio delogo_topseller_lema

Anúncios

Um pensamento sobre “Revolta (Os 100 #4) – Kass Morgan [Opinião]

  1. Pingback: Literatura | Leituras de Junho e Julho — 2017 | The Girl Who Reads Books

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s