Literatura | “Eliza e os seus Monstros” de Francesca Zappia — Opinião

Título Original: Eliza and Her Monsters
Publicação: 2 de Julho de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898917119
Compra-o em: http://www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: Finalista do Goodreads Choice Awards: Melhor Romance Young Adult

Na net, ela é mundialmente famosa. Cá fora, ninguém sabe o seu nome.
No mundo real, ela é Eliza, uma miúda solitária, invisível e sem amigos. Online, ela é LadyConstellation, a famosa e anónima criadora de Monstrous Sea, um dos webcomics mais populares do mundo. Wallace é novo na escola. É um rapaz estranho, misterioso e que raramente fala. Mas na Internet ele é Rainmaker, o escritor da fanfiction de Monstrous Sea mais lida nos fóruns da série, e é seguido por mais de um milhão de fãs.
Os caminhos de Eliza e Wallace cruzam-se inesperadamente e, quando percebem que têm a mesma paixão por Monstrous Sea e a mesma forma de ver o mundo, surge uma relação improvável que vai alterar as suas vidas para sempre. No entanto, ambos julgam que o outro é apenas um fã comum de Monstrous Sea. Ela não sabe que ele é o seu maior fã, e ele não sabe que ela é a própria autora.

Um livro esplendoroso sobre a vida online e offline!

Opinião: Francesca Zappia é definitivamente uma das melhores autoras de YA que li nos últimos tempos. Quer a capa, como a história e as ilustrações interiores do livro são magníficas!
Adorei este último elemento do livro por dar um tom mais divertido à história. Conhecer20180717_112338.png o que é suposto ser a banda desenhada de Eliza é muito melhor do que ter apenas o narrador a dizer que esta “faz isto e aquilo”, claro, mas cria também uma sensação de proximidade, como se fizéssemos parte da história, inclusive. Isto lembra-me um pouco de “Fangirl“, de Rainbow Rowell, pois ambas as protagonistas (Cath e Eliza) destes dois livros trabalham sobre algo que adoram e as autoras decidiram mostrar um pouco do trabalho delas ao longo das páginas. Continuar a ler

Anúncios

Literatura | “Os Humanos” de Matt Haig — Opinião

39715980Título Original: The Humans 
Publicação: Abril de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869821
Compra-o em: www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: E se a terra fosse o planeta mais absurdo do universo?

O professor Andrew Martin, génio matemático, acaba de descobrir a chave para os maiores mistérios do Universo. Ninguém sabe do salto que isto representará para a Humanidade… exceto seres evoluídos de outro planeta. Determinados a impedir que esta revelação caia nas mãos de uma espécie tão primitiva quanto os humanos, estes seres enviam um emissário para destruir as provas. E é assim que um alien intruso, completamente alheio aos costumes, chega à Terra. Rapidamente, ele descobre que os humanos são horrendos e têm hábitos ridículos — comida dentro de embalagens, corpos dentro de roupas e indiferença por trás de sorrisos… Esta espécie não faz sentido!

Durante a sua missão, sob a pele e identidade de Andrew Martin, este alien sente-se perdido e odeia todos os terráqueos. Exceto, talvez, Newton, um cão. Contudo, quanto mais se envolve com os que o rodeiam mais fica a perceber de amor, perda, família; e de repente está contagiado: será que afinal há qualquer coisa de extraordinário na imperfeição humana?

Opinião: Este é mais um fantástico livro de Matt Haig, algo que não me surpreendeu, pois não esperava outra coisa deste autor, cujo o talento para criar histórias é fenomenal.

Tal como aconteceu com “Como Parar o Tempo“, também aqui senti que custei um pouco a entrar na história, o que não vejo como um factor negativo de todo. Existe algo na escrita deste autor de diferente mas que adoro imenso. Esta pode até envolver-nos mais lentamente, ao início, mas é impossível não nos deixarmos absorver por completo por esta história a certo ponto. Continuar a ler

Literatura | “Desejo e Inocência” (Stark World #1) de J. Kenner — Opinião

Título Original: Wicked Grind
Publicação: Abril de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869951
Compra-o em: www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: A rapariga que ele procurava teria de ser uma virgem em frente à sua lente. E ele seria o primeiro a capturar essa inocência.

A carreira do fotógrafo Wyatt Royce está prestes a descolar. No entanto, falta-lhe a musa, a modelo que se tornará a joia principal da sua controversa exposição de fotografias eróticas. Até que Kelsey Draper aparece – a combinação perfeita entre pureza e voluptuosidade.
Wyatt acha-a demasiado frágil – ela provou-lho quando a relação entre eles acabou, doze anos antes – e tem consciência de que ela nunca se atreveria a expor-se, embora ambos saibam que Kelsey é perfeita para o projeto.
Mas Kelsey precisa desesperadamente de dinheiro e está determinada a libertar-se da imagem de menina boazinha para o conseguir. E reencontrar Wyatt pode bem ter sido a sua sorte… ou perdição.
Ainda magoado pela história atribulada entre eles, Wyatt aceita dar-lhe o trabalho, mas apenas se ela lhe der todo o controlo, tanto por detrás da lente como na cama.

Será que uma rapariga inocente como Kelsey resistirá aos desejos obscuros de um homem como Wyatt?

Opinião: Como fã dos livros de Vi Keeland, procuro encontrar novas autoras com o mesmo género de história: um bom romance, com algum conteúdo erótico à mistura mas sem que seja muito exagerado. J. Kenner é uma ótima equivalente, sem dúvida. “Inocência e desejo”, que é o primeiro livro da autora que leio, conquistou-me por completo. Devorei-o em horas!

Adorei que a autora trouxesse o tema de fotografia para a história. Este é sempre algo que adoro encontrar em livros pois acabo sempre por sentir que traz mais qualquer coisa de magnífico e artístico à ação. Relembra-me um pouco de “Confesso” de Colleen Hoover (este último envolve pintura, no entanto) e por ser um livro que adoro, este factor influência a minha opinião deste primeiro livro da série Stark World, obviamente. O detalhe e modo como a escritora descreveu as fotografias de Wyatt permitiu-me imaginar facilmente cada uma das fotografias descritas, o que é fantástico!

Outro aspeto que me agrada bastante é o quão refrescante este romance erótico foi. Normalmente, em livros deste género, acabo por encontrar mais descrição erótica em vários momentos do que realmente esperava, porém J. Kenner, ao contrário do que esperava, abordou pouco as cenas de sexo, focando-se sobretudo no tema do livro e no desenvolvimento dos personagens, dando-nos, inclusive, a conhecer as suas histórias passadas e o que os levou a separarem-se durante anos.

É de facto refrescante ler um livro de romance erótico tão diferente do comum, em que o foco não está no erotismo mas na construção da história! Fica uma recomendação de leitura para vos acompanhar nestas férias 😉

Literatura | “O Projeto Acidente” de Julie Buxbaum — Opinião

Título Original: What to say next
Publicação: Abril de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869906
Compra-o em: http://www.wook.pt
A minha classificação: 4 em 5 estrelas

Sinopse: A amizade consegue superar todas as diferenças…

Kit é a rapariga mais gira da escola. David é um rapaz solitário, incapaz de interagir com os colegas. Ele sabe que é pouco provável que Kit alguma vez repare nele.
Até ao dia em que Kit, cansada das conversas fúteis das amigas, decide almoçar na mesa de David. A química é imediata e os

dois passam a partilhar o tempo das refeições. Fruto desta nova e inesperada amizade, David começa a aprender a relacionar-se com os outros, e Kit, ainda a recuperar da trágica e recente morte do pai, encontra o ombro de que precisava.
Kit só conseguirá reaprender a viver se descobrir a causa do acidente do pai e, sabendo disso, David decide ajudá-la. Mas nenhum dos dois está preparado para o mistério que estão prestes a desvendar, e é aí que a sua amizade é posta à prova.

Será ela capaz de sobreviver à verdade?

Opinião: Este novo romance de Julie Buxbaum é de alguma forma mais leve, mais inocente que o livro anterior da autora “Conta-me três coisas”, ao meu ver, mesmo tendo ambos os protagonistas um problema a ultrapassar.

Adorei a relação que se foi construindo entre David e Kit, mas é, sobretudo, o desenvolvimento de David no que toca à sua personalidade e à sua vida social que me deixou mais envolvida nesta história.

Senti que o desvendar do mistério, que une estes dois personagens ainda mais, acabou por ser deixado em segundo plano, sendo brevemente abordado, mas o que se encontra por de trás desse mistério surpreende-me imenso. Não imaginava que a autora nos levasse a tal revelação. O modo como os protagonistas reagem a esta é o ponto alto e emocionante do livro.

É mais um livro intrigante e incrível desta autora, que gostei imenso, principalmente por abordar um tema tão atual como o autismo da forma como foi abordado.

Literatura | “A Lady Improvável” (Playful Brides #3) de Valerie Bowman — Opinião

39702229Título Original: The Unlikely Lady
Publicação: 16 de Abril de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869937
Compra-o em: www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: Um romance intenso e cativante com personagens absolutamente irresistíveis.
Jane Lowndes é uma jovem solteira de 26 anos que adora ler e que sonha em passar o resto dos seus dias a estudar, a lutar pelos direitos das mulheres e a frequentar salões intelectuais. Contudo, a sua mãe tenta insistentemente convencê-la a casar e a participar em eventos sociais.
Lorde Garrett Upton é um solteirão despreocupado que sobreviveu à guerra e regressou a Londres com o intuito de aproveitar ao máximo a vida. Tal como Jane, não tem qualquer intenção de se casar.
Ambos se conhecem há vários anos, mas não se toleram, estando constantemente a discutir e a provocarem-se. Só que um dia, num baile de máscaras, beijam-se, sem saberem a identidade um do outro. Quando o descobrem, tudo começa a mudar entre eles.
Conseguirá o desejo que sentem um pelo outro superar o sonho de permanecerem independentes e descomprometidos?

Opinião: Leve, divertido e romântico. São estes os primeiros adjetivos que me veem à cabeça quando penso neste novo livro de Valerie Bowman.
Não sabia bem o que esperar deste livro, pois Jane é uma personagem um pouco diferente de Lucy ou Cassandra na forma de agir, um caso peculiar aos olhos de uma sociedade daquela altura, digamos. Sabia, no entanto, que este livro iria surpreender-me e conquistar por completo, o que se verificou ao longo das páginas.

A escrita de Valerie Bowman, bem como a construção que faz quer de personagens quer de história, parece melhorar de livro para livro. Se nos anteriores, não conseguia parar de ler, neste o vicio foi total.
O facto de Jane e Garrett discutirem imenso, provocarem-se e serem diferentes em muitos aspetos foi o que mais atraiu a ler este livro e, consequentemente, a adorá-lo imenso! Desde o primeiro momento romântico, que se dá entre estes dois, que pousar o livro foi impossível, pois só queria mais e mais deste casal. É um dos casais de que mais gosto, dentro deste género.

Garrett assume também um lugar importante nesta lista de favoritos, por destacar-se tanto de outros protagonistas já existentes (tanto em livros desta autora, como em livro de outras). Segui já imensos personagens com atitudes difíceis e teimosos e Garrett é uma lufada de ar fresco, face a esse padrão. É um personagem divertido, com um humor que me pôs facilmente um sorriso nos lábios. A ligação e forma como lida com Jane é simplesmente apaixonante, isto pois adoro um romance onde os personagens se ‘picam’ constantemente, onde existe amizade e respeito acima de tudo.

“Lady Improvável” é uma leitura obrigatória, ideal para quem procura algo diferente do habitual. É um livro que sei que irá conquistar-vos como fez comigo!

Literatura | Novidades de 2 a 6 de Abril

2 de Abril

Dia 3

3.1

Dia 4

4.1

Dia 6

Literatura | “Anatomia de um Escândalo” de Sarah Vaughan — Opinião

38617967.jpgTítulo Original: Anatomy of a Scandal
Publicação: 5 de Março de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869647
Compra em: www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: James Whitehouse é um bom pai, um marido dedicado e uma figura pública carismática e bem-sucedida. Um dia, é acusado de violação por uma colaboradora próxima. Sophie, a sua esposa, está convencida de que ele é inocente e procura desesperadamente proteger a sua família das mentiras que ameaçam arruinar-lhes a vida.
Será que é sempre interpretada da mesma forma?
Kate Woodcroft é a advogada de acusação. Ela sabe que no tribunal vence quem apresentar os melhores argumentos, e não necessariamente quem é inocente. Ainda assim, está certa de que James é culpado e tudo fará para o condenar.
De que lado estará a verdade?
Será James vítima de um infeliz mal-entendido ou o autor de um sórdido crime? E estará a razão do lado de Sophie ou de Kate? Este escândalo — que irá forçar Sophie a reavaliar o seu casamento e Kate a enfrentar os seus demónios — deixará marcas na vida de todos eles.

Opinião: Um livro de suspense que me prenda totalmente à sua história é, claramente, um excelente livro. Quem me segue há já algum tempo, sabe qual a minha ‘relação’ com livros deste género. Tento ser bastante meticulosa quando escolho uma leitura de suspense ou crime, de facto.

‘Anatomia de um Escândalo” é uma excepção no seu género, por várias razões. É um livro completamente viciante, cujo o tema cativou-me desde o momento em que li a sinopse. Vi algures alguém indicar este livro a fãs de How to Get Away With Murder e Scandal e, com este comentário, tinha obviamente que ler esta história. O que encontrei aqui foi tão bom quanto esperava. Toda a ação que se sucede dentro do tribunal e durante o julgamento possui um ritmo que adorei (idêntico ao que se encontra em HTGAWM). Mesmo depois do verídico, a curiosidade em saber como terminará história foi imensa, pelo que a cada virar de página agarrava-me mais e mais ao livro, não conseguindo pousá-lo.

Os vários pontos de vista foi algo que de gostei bastante. O livro é escrito sobretudo na terceira pessoa, excepto na visão de Kate, a advogada de acusação, que é a nossa voz principal, digamos. Cada ponto de vista contribui com diversos detalhes para a história, detalhes esses que ajudam-nos a montar o puzzle que é este mistério, levando-nos, inclusive, a descobrir muito mais do que pensávamos poder existir por trás disto tudo. Adorei imenso a forma como Sarah Vaughan construiu a história, por não deixar pontas soltas que nos fizessem descobrir a verdade deste crime antes da mesma ser revelada.

O que é regra para mim em livros de suspense, aplica-se em ‘Anatomy of a Scandal’. A autora apresenta-nos uma história envolvente ao máximo, com uma sucessão de acontecimentos surpreendente (e por vezes chocante). O que mais gostei neste livro foi, indubitavelmente, toda a fase de interrogatórios e julgamento. Este é um livro que fará as delicias dos fãs de séries de advocacia, com certeza!

Literatura | “O Prof” de Vi Keeland — Opinião

9789898869685Título Original: Beautiful Mistake
Publicação: 19 de Fevereiro de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869685
PVP: 17,69€ — Compra-o em www.wook.pt
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: Há algo de irresistível num homem de fato e com uma mente atrevida… mais ainda se for o teu professor.
Quando Caine West me conheceu, não foi um dos meus melhores momentos – eu tinha bebido demais, confundi-o com outra pessoa e ele devorava-me com os olhos, o suficiente para me tirar do sério.
Só depois, ao encontrá-lo na universidade, descobri: o sensual Caine West, com o seu sorrisinho presunçoso, viria a ser o meu novo professor. Melhor ainda: eu trabalharia para ele como sua assistente. Eu, Rachel, que o tratara como um imbecil e atacara os seus enormes… atributos.
Bela maneira de te apresentares ao teu prof!
Tentei desculpar-me, e ele fez questão de me relembrar da hierarquia da sala de aula. Desde então, tento ser profissional, mas o magnetismo dele é inegável. Com rosto (e corpo!) de deus grego e uma voz grave e aveludada, não me admira que as alunas suspirem à sua passagem. Só não contava ficar também eu hipnotizada pelo charme do meu professor- E pela forma como a camisa lhe assenta nos braços bem definidos ou como as suas mãos parecem saber sempre o que fazer…
Bolas, Rachel, no que é que te estás a meter?
Não me faltam ideias sobre como poderíamos passar algum tempo sozinhos na sala de aulas!

Opinião: Tal como aconteceu com “O Boss”, também o vicio neste novo livro foi garantido desde o momento em que soube do seu lançamento. É um livro quase tão bom como “O Boss” (desculpa-me Caine, mas o Chase é o tal haha). Ao inicio, a sinopse e tema da assistente que envolve-se com o professor fizeram lembrar-me “O Inferno de Gabriel” e só por isto o meu entusiasmo era enorme! No fim, revelou-se ainda melhor do que esperava.

A escrita foi mais uma vez, indiscutivelmente, ótima. “Beautiful Mistake” é um livro de leitura fluída, refrescante mas, sobretudo, viciante. Um livro assim merece sempre a classificação máxima! Claro que sou um pouco suspeita neste caso, pois não sou capaz de dar menos do que cinco estrelas a uma autora como esta, que me conquista facilmente com as suas histórias.
O que mais gosto em Keeland, e que novamente apreciei neste novo livro, é a capacidade que esta tem em escrever um livro de romance-erótico que me agrade e que me faça querer mais da história, que seja moderado e não exagerado, o que na minha opinião é o que existe imenso na literatira: o exagero em descrições de sexo sem fim. Neste livro não existem expressões excessivas, nem nada que torne cenas mais eróticas em algo banal e ‘sujo’. Vi Keeland é, sem dúvida, a minha autora favorita deste género literário. Consegue agarrar num livro deste género e transformá-lo em algo único e bastante melhor do que o esperado.

“O Prof” é um livro que me fez rir, principalmente, pela forma como começou e pelos seus personagens secundários como Charlie, mas com passados, coincidências e revelações emocionantes. Apesar de adorar “O Boss” e Chase, esta nova história e Caine conseguiram conquistar-me de igual forma. É um livro obrigatório para quem gosta de um bom romance!

Literatura | “Escândalo com o Marquês” (Spindle Cove #5, Castel Ever After #4) de Tessa Dare — Opinião

9789898869739.jpgTítulo Original: Do You Want to Start a Scandal
Publicação: 19 de Fevereiro de 2018
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869739
Compra-o em: www.wook.pt 
A minha classificação: 4 em 5 estrelas

Sinopse: Tudo o que eles querem é evitar um escândalo.
Numa noite de outono, Charlotte Highwood encontra-se na biblioteca da família Parkhurst com Piers Brandon, o Marquês de Granville, quando ambos presenciam um tórrido encontro. Está escuro e nenhum deles é capaz de identificar os amantes. Mas mais alguém na mansão testemunha o acontecimento, e começam a correr rumores de que foi Charlotte, que tem fama de se envolver em escândalos, uma das figuras implicadas.
Um plano parece ser a solução.
Para que Charlotte não seja associada a um novo escândalo, nem Piers forçado a revelar o verdadeiro motivo por que se encontrava na biblioteca, ele decide confessar que estava a fazer-lhe uma proposta de casamento. Charlotte considera tudo um absurdo e resolve-se a descobrir a identidade dos verdadeiros amantes para provar a sua inocência. Põe então em prática um plano para desvendar o mistério.
Mas a aproximação de ambos pode deitar tudo a perder.
O plano aproxima Charlotte de Piers, que prova ser um homem cheio de segredos, mas também de encantos, a que é difícil resistir. Charlotte vê-se, então, num impasse. Deverá ela arriscar tudo para provar a sua inocência? Ou render-se a um homem que se revela incapaz de amar?

Opinião: À medida que ia lendo este novo livro de Tessa Dare, percebi o quão grande era a saudade que tinha da sua escrita e dos seus personagens simplesmente divertidos e únicos. Apesar de não ser uma seguidora fiel da autora, uma vez que este é apenas o terceiro livro dela que leio, esta é uma das minhas escritoras favoritas dentro do género de romance-‘histórico’. Prova disso é a minha teimosia total em não largar os seus livros, mal começo a lê-los. Continuar a ler

Literatura | “Amor com Trago Agridoce” de Pippa James — Opinião

9789898869500Título Original: The Secret Life of Lucy Lovecake 
Publicação: 13 de Novembro de 2017
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869500
PVP: 17,69€ — Compra-o em www.wook.pt 
A minha classificação: 4 em 5 estrelas

Sinopse: Um coração conquista-se com comida deliciosa, uma língua afiada e renda provocante!
A sonhadora Daisy Delaney é especialista em lingerie e tem um dom para a doçaria, mas não percebe como acabou por ficar sozinha e completamente falida. Farta da sua vida desinteressante, decide procurar a sua verdadeira vocação.
Michel Amiel é um chef francês tão genial quanto arrogante. Conheceu a fama cedo, mas com os escândalos em que se mete, a sua carreira já viu melhores dias. Principalmente agora, que as vendas dos seus livros estão a cair a pique com a chegada de uma tal Lucy Lovecake e do seu Fantasias Francesas — um livro que envolve não só receitas, mas também dicas amorosas e sugestões de lingerie para apimentar a relação.
A forte ligação que Michel e Daisy têm com a cozinha leva a que os seus caminhos se cruzem. E embora saiba que Michel a tira do sério, Daisy admite que o charme dele é como a sua comida: impossível de resistir!
Mas quanto mais Daisy se envolve na vida do chef francês, mais difícil será admitir-lhe a verdade. Sim, porque Daisy é também Lucy Lovecake!
E assim, estão reunidos todos os ingredientes para o desastre!

Um romance sexy e doce para devorar num piscar de olhos.

Opinião: “Amor com travo agridoce” é o livro ideal para vos acompanhar nas férias ou em qualquer altura em que o possam desfrutar lentamente, pois este é um daqueles livros que sabe a pouco se lido muito depressa, tal como um doce sabe a pouco se o devorarmos de uma só vez, certo? Acabamos por querer sempre mais e mais hehe. Pippa James apresenta-nos uma história doce e viciante, que recomendo ler com calma, pelo motivo mencionado anteriormente, não vá alguém acabar a ansiar por mais (hehe). Demorei alguns dias a lê-lo mas, mesmo assim, ao terminar de lê-lo, fiquei com vontade de ler mais deste romance divertidíssimo e único.

Foi um livro que me surpreendeu bastante, por não me ter cativado logo desde o inicio, mas assim que vemos Daisy “florescer” no mundo literário, é impossível não adorar esta história! Daisy é uma personagem simples, da qual facilmente gostamos. O mesmo acontece com os restantes personagens, excepto com Michel, que para mim foi um personagem complicado, embora acabasse por gostar também dele, pois a escrita de Pippa James envolve-nos de tal forma, que damos por nós no lugar da protagonista, a sentir o mesmo que ela.

Apenas senti que o final foi demasiado apressado, quando podia ter sido maior, pois não me importava de todo de seguir Daisy e Michel por mais páginas. Um segundo livro seria muito bem-vindo, claro, pois fiquei rendida a estes personagens e à história de Lucy Lovecake!
Atenção: não leiam este livro de estômago vazio, pois se adoram bolos, irão certamente ficar com vontade de comer uns quantos depois de lerem este livrito hehe