Literatura | “Ariadnis” (Erthe #1) de Josh Martin — Opinião

9789898869623Título Original: Ariadnis
Publicação: Novembro de 2017
Editora: Topseller
ISBN: 9789898869623
PVP: 17,69€ — Compra-o em www.wook.pt 
A minha classificação: 4 em 5 estrelas

Sinopse: Nós viemos depois do cometa.
Nós sobrevivemos à grande onda.
Nós somos as escolhidas.
Depois de o mundo antigo ter desaparecido, restou apenas uma ilha. Os seus habitantes formaram duas cidades, separadas por Ariadnis, uma terra divina. Mas as diferenças entre os povos de Metis e Athenas rapidamente os conduziram à guerra.

Perturbado por este conflito, o ser divino de Ariadnis decreta que em cada uma das cidades nascerá um Escolhido. Dotados de poderes especiais, os dois Escolhidos irão confrontar-se no dia do seu décimo oitavo aniversário, num desafio mortal e misterioso que decidirá qual o povo mais digno de habitar a ilha.

Aula e Joomia são as Escolhidas e resta-lhes apenas um ano até ao dia do grande confronto. Ambas preferiam ter uma vida normal, mas os seus destinos estão traçados, e nesta jornada não há espaço para a amizade nem tempo para o amor.
Só uma reclamará o prémio final de Ariadnis.

Opinião: Começo por falar da capa, que é, indubitavelmente, uma das capas mais bonitas que já vi em toda a minha vida. Destaca-se facilmente nas estantes das livrarias e foi principalmente ela que despertou em mim esta enorme curiosidade que sentia em ler “Ariadnis”.
Neste caso, podem de facto julgar o livro pela capa, pois tal como a capa é lindíssima, também o que encontramos no interior é belo e distinto de muitos livros deste género que li, sobretudo pelo seu mundo e final da história!

Gostaria que tivesse existido um pouco mais de romance e tal ponto influencia-me imenso na classificação de um livro. Excepto este pormenor, não posso dizer outra coisa além de “Adorei!”. Página atrás de página, devorei este livro em horas, sem qualquer interrupção. Foram as várias revelações que são feitas ao longo da história, assim como os dois pontos de vista, de Aula e Joomia, que me prenderam por completo ao livro.
Inicialmente, não tinha uma escolhida preferida mas juntas formam uma dupla que nos conquista num abrir e fechar de olhos. Taurus foi outro personagem que adorei e cuja relação com Aula gostei imenso de seguir, mesmo que por pouco tempo.
Ao terminar esta leitura, dei por mim a querer mais deste mundo, mais destes personagens. O final é belo de alguma forma, diferente e elevou ao máximo o meu interesse em saber o que se segue no próximo livro, que será lançado, em inglês, em Fevereiro.

Josh Martin estreia-se com um livro original e primoroso, com um mundo e personagens memoráveis. Fãs de sagas como The Hunger Games e Divergente irão, de certeza, gostar desta história tão facilmente como eu gostei!

Anúncios

Literatura | “O Livro do Pó” (La Belle Savauge – #1) de Philip Pullman — Opinião

Resultado de imagem para o livro do póTítulo Original: La Belle Sauvage (The Book of Dust #1) 
Publicação: 4 de Janeiro de 2018
Editora: Editorial Presença
ISBN: 9789722361538
PVP: 18,95€ — Compra-o em www.presenca.pt ou em www.wook.pt 
A minha classificação: 3,5 em 5 estrelas

Sinopse: Philip Pullman regressa ao universo de MUNDOS PARALELOS.

Malcolm Polstead tem onze anos, Os pais gerem A Truta, uma estalagem muito frequentada nas margens do rio Tamisa, perto de Oxford, Malcolm é muito atento a tudo o que o rodeia, mas sem chamar a atenção dos outros, Talvez por isso, fosse inevitável vir a tornar-se num espião, É na estalagem que ele, juntamente com o seu génio Asta, descobre uma intrigante mensagem secreta sobre uma substância perigosa chamada Pó, Quando o espião, a quem a mensagem era dirigida, lhe pede que preste redobrada atenção ao que por ali se passa, o rapaz começa a ver suspeitos em todo o lado: o explorador Lorde Asriel; os agentes do Magisterium; Coram, o cigano; a bela mulher cujo génio é um macaco malicioso,,, Todos querem descobrir o paradeiro de Lyra, uma menina, ainda bebé, que parece atrair toda a gente como se fosse um íman, Malcolm está disposto a enfrentar todos os perigos para a encontrar…

Opinião: Fiquei bastante curiosa quando soube que iria ser lançada uma ‘prequela’ da famosa trilogia “Os Mundos Paralelos”, mais conhecida por “A Bússola Dourada”. Não tendo nunca lido nada do autor e apenas conhecendo, brevemente, este mundo através do jogo da adaptação cinematográfica do primeiro livro, pouco sabia do que aqui iria encontrar, quanto ao mundo e personagens. Mesmo tendo esperado um pouco mais deste livro, dei por mim surpresa e a gostar bastante do mundo deste livro, principalmente de toda esta história de génios.

Com umas partes mais lentas, outras repletas de ação e aventuras, sinto que este livro poderia ter sido perfeito se mais curto, dado que virá ai um segundo. No entanto, isto não faz com que este deixe de ser um ótimo livro. Se a primeira parte do livro foi boa e deixou-me absolutamente curiosa para o que ai viria, a segunda parte foi a que mais me prendeu ao livro, com a fuga do trio e respetivos gémeos e da perseguição de Bonneville e a sua hiena-génio ‘horripilante’.
Malcolm é um rapaz de 11 anos mas que não o aparenta ter, pela sua personalidade forte, todo ele um rapaz responsável, corajoso, atencioso e querido. É um personagem que adorei conhecer e que espero vir a conhecer na fase adulta no próximo livro, que decorrerá quando Lyra tem já 20 anos.
A relação que Malcolm e Lyra têm um com o outro e com os seus génios deixa-nos com um sorriso nos lábios e é o que adorei mais de seguir neste livro. Sinto-me bastante entusiasmada com a ideia destes dois personagens manterem algum tipo de ligação em adultos e estou mesmo muito curiosa com o que se seguirá no segundo volume desta nova trilogia de Philip Pullman!

Para mais informações do livro “O Livro do Pó — La Belle Sauvage, volume 1”, clica aqui

Uma leitura com o apoio depresença

Literatura | “Monstress, o Sangue” (Monstress #2) de Marjorie Liu e Sana Takeda — Opinião

monstress_o_sangueTítulo Original: Monstress, Volume 2 
Publicação: 19 de Janeiro de 2018
Editora: Saída de Emergência
ISBN: 9789897730900
PVP: 18,80€ — Compra-o em www.wook.pt ou no side da editora em www.saidadeemergencia.pt 
A minha classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: Num mundo alternativo de beleza art déco inspirado na Ásia oriental, criaturas demoníacas e poderosas ameaçam o mundo.
Maika Meiolobo está a ser perseguida por uma coligação de forças determinada a controlar e a destruir a poderosa criatura demoníaca que habita dentro de si. Mas Maika não descansará enquanto não cumprir a sua missão: descobrir os segredos da sua falecida mãe, Moriko.
Nesta sequela, a jornada de Maika irá levá-la à cidade de Thyria, controlada por piratas, e através dos mares à misteriosa Ilha dos Ossos. Será uma viagem que irá forçar Maika a reavaliar o seu passado, presente e futuro e onde irá aprender que não pode confiar em ninguém, incluindo no seu próprio corpo…

Opinião: Apenas pela capa, consegui prever que iria gostar ainda mais deste segundo volume, do que o anterior, ‘Monstress, o despertar‘. Muitas perguntas foram feitas durante a leitura do primeiro volume e sinto que neste foram dadas muitas respostas e explicações, principalmente quanto ao monstros que vive dentro de Maika.

A nível de história, desenvolvimento e ação, este novo volume vem surpreender e muito pela qualidade que apresenta, que é ainda melhor que a do primeiro livro.
Conhecemos novos personagens, uns que adorei mais que outros, como Seize, um tigre, ou os tripulantes do barco em que Maika e companhia viajam.

Mas, mais uma vez, a melhor parte desta graphic-novel são as ilustrações, que tornam a fascinar-me, pelos seus traços lindíssimos e pintura absorvente. Cada personagem criado é lindíssimo, cujas personalidades são facilmente conhecidas, pois a forma como cada detalhe de um personagem é desenhado, diz tudo sobre este e sobre a sua atitude. Adoro imenso a imaginação e talento de Sana Takeda e é sobretudo isso que me prende totalmente a esta série Monstress, pois afinal, uma graphic-novel depende e muito do sucesso das ilustrações, ao meu ver.

Estou bastante curiosa para ler o próximo volume e espero conhecer melhor o passado da Maika pois suspeito que ainda há muito para contar!
Tenho a certeza que quem leu o primeiro volume, irá certamente amar esta sequela, como eu adorei.

Uma leitura com o apoio desaida de emergencia